INDÚSTRIA DE ALTA TECNOLOGIA ELEVA EM MAIS 6% A PRODUÇÃO NO SEMESTRE.

Segmentos da indústria em que o uso de tecnologia é mais intenso registraram alta de 6,6% na produção no primeiro semestre de 2011, em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados são do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi).

A análise sobre a produção da indústria brasileira foi realizada a partir de informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e revelou que o crescimento industrial variou conforme o grau de complexidade tecnológica. Para se ter uma ideia, o desempenho da indústria de baixa complexidade registrou queda de 1,6% no período.

De acordo com o Iedi, o câmbio e a estabilidade de preços dos componentes no mercado internacional explicam a diferença na evolução dos indicadores industriais. Os setores de menor intensidade tecnológica sofreram com a concorrência direta de produtos importados. Já os setores com maior complexidade se aproveitaram do real apreciado para importar componentes de baixo valor, o que pode acarretar na desindustrialização.

“Não é sustentável manter os nossos níveis de produção por esse fator. Não existe prática no mundo que para estimular um setor mantenha o câmbio valorizado por muito tempo. As consequências são mais graves”, avaliou o economista chefe do Iedi, Rogério Souza.

Fonte: Gestão C&T

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s