CACAU CAPIXABA GANHA CERTIFICAÇÃO INÉDITA NO PAÍS

INPI entrega certificado de Indicação Geográfica para Associação dos Cacaicultores de Linhares

O cacau produzido em Linhares, no Espírito Santo, conquistou uma certificação inédita na cacauicultura brasileira: a indicação geográfica que atesta o produto como característico do seu local de origem. De acordo com a Secretaria de Agricultura do Estado, o certificado também é o primeiro para a agropecuária capixaba.

A entrega do certificado da indicação geográfica à Associação dos Cacauicultores de Linhares (Acal) pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) foi na semana passada.

“Agora temos de traçar um novo caminho para expandir o mercado de cacau produzido no Espírito Santo. Na Europa, por exemplo, o mercado compra qualidade e é isso que temos de ofertar”, disse Maurício Buffon, presidente da Acal, em comunicado divulgado pela Secretaria de Agricultura do Espírito Santo.

O cacau é cultivado em 23 mil hectares no Estado. O município de Linhares tem 90% da área plantada e produz cerca de oito mil toneladas da amêndoa por ano.

Fonte: Valor Econômio (por Carina Ferreira)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s