Campanha global premiará soluções inovadoras em energia limpa

A empresa DSM, que desenvolve soluções inovadoras (ingredientes e matérias-primas), lançou a campanha global “Bright Minds Challenge” com o objetivo de desafiar pesquisadores, cientistas, estudantes e curiosos de todo o planeta. Com foco em energia solar e armazenamento de energia, a ação premiará o talento de pessoas com ideias inovadoras e projetos audaciosos voltados para os dois temas deste ano.

Os projetos vencedores terão o apoio da DSM para financiar a transformação de ideias em realidade. Aos três primeiros colocados, a companhia oferecerá a infraestrutura necessária para o desenvolvimento dos projetos, como acesso aos seus centros de pesquisa no mundo e aos laboratórios de universidades e empresas parceiras na Europa, Estados Unidos e Ásia. Adicionalmente, os ganhadores receberão treinamentos de marketing e de conteúdos para gerar e potencializar negócios.

A participação no prêmio é aberta a todas as pessoas, entre empreendedores, estudantes, pesquisadores e profissionais ligados ou não a universidades, empresas, instituições de pesquisa, organizações não governamentais (ONGs), startups, entre outros. Os interessados em mostrar suas ideias devem criar um vídeo sobre os seus projetos inovadores e inscrevê-los no site www.sciencecanchangetheworld.org.

Os vídeos serão submetidos à votação popular de janeiro a fevereiro de 2017. Na etapa seguinte, em abril, os participantes que enviaram os dez vídeos com maior número de votos seguirão para a Europa para apresentar pessoalmente o projeto para um grupo de jurados, com a DSM arcando com as despesas de viagem e hospedagem de um participante por equipe/projeto). Após isso, o júri definirá os três finalistas, cuja colocação será conhecida em uma cerimônia especial de premiação em junho, na Europa.

Sobre a participação da América Latina, a DSM tem perspectiva de receber um grande número de projetos devido ao potencial local de desenvolvimento de inovações em energia renovável e do crescimento do setor. No que diz respeito à evolução da aplicação de energia solar no Brasil, por exemplo, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) espera que cerca de 1,2 milhão de unidades consumidoras devem produzir sua própria fonte elétrica até 2024, deixando de ser consumidores para se tornarem geradores de energia.


Fonte: Agência Gestão CT&I

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s