6 patentes de tecnologias muito loucas que não viraram produtos reais

Com a velocidade enorme que o desenvolvimento de tecnologias segue atualmente, não é muito difícil acabar perdendo a noção de tudo de promissor que está sendo feito pelas mentes mais criativas do mundo todo. Muitas vezes, as novidades vêm na forma de ideias extremamente simples, que podem ser transformadas em realidade quase imediatamente. Outras, no entanto, podem se converter em verdadeiras lendas da indústria, desaparecendo em meio a montes de patentes esquecidas.

Afinal, quais são as tecnologias mais mirabolantes já idealizadas que tiveram patentes aprovadas nos últimos anos, mas ainda não chegaram nem perto de se tornar produtos reais? Reunimos a seguir alguns exemplos interessantes, indo dos tão falados smartphones com telas dobráveis até computadores com lentes injetáveis nos olhos e carros voadores. Confira:

1 – Displays dobráveis

As telas flexíveis já são uma realidade e até já foram demonstradas mais de uma vez em eventos internacionais, mas o fato é que, mesmo após anos de boatos e patentes das mais variadas, ainda estamos esperando pelo lançamento de alguma TV, tablet ou smartphone cujo display possa ser dobrado sem se quebrar. Os rumores não são poucos e alguns, como o Project Valley da Samsung, até parecem concretos, mas nada de anúncios oficiais por enquanto.

O Project Valley da Samsung nunca foi anunciado oficialmente

2 – Tela que imita materiais

No meio de 2015, a Apple registrou o conceito de um display que seria capaz de vibrar em determinadas frequências para enganar nossos dedos e passar a mesma sensação que teríamos ao tocar em superfícies de metal, pedra, papel, madeira ou outros materiais. A ideia seria interessante para aplicações como jogos e leitores de ebooks, entre muitas possibilidades, mas ainda não há qualquer previsão de vermos isso em algum produto real.

A ideia da Apple é interessante, mas pode nunca dar as caras em um produto real

3 – Tatuagem de microfone

Concedida à Motorola no final de 2013, uma patente descrevia um microfone especial que poderia ser implantado na garganta das pessoas por meio de uma tatuagem no pescoço capaz de captar as vibrações do som na laringe dos usuários. O mecanismo pode se conectar a outros dispositivos via Bluetooth, NFC ou WiFi, além de contar com baterias próprias. Previsão de lançamento? Seu chute é tão bom quanto o meu.

Eu conheço alguém que ficaria doido para tatuar um microfone funcional na garganta

4 – Luvas inteligentes

Anunciada pela Samsung como uma brincadeira de 1º de abril em 2014, a Samsung Finger é uma luva inteligente que faria todas as funções de um smartphone e que ganhou patentes reais algum tempo depois. O aparelho teria uma tela flexível capaz de exibir um teclado QWERTY, seria capaz de rastrear os movimentos dos seus dedos e teria atalhos nas áreas ao alcance do dedão. Por enquanto, parece que nada disso saiu do papel.

Uma brincadeira de 1º de abril que virou patente, mas não produto

5 – Computador ocular

Uma patente recente da Google, de abril de 2016, descreve um procedimento que removeria as lentes naturais dos olhos de uma pessoa e, no lugar, injetaria uma solução líquida que se solidificaria lá dentro junto a uma espécie de computador. O dispositivo coletaria energia por meio de uma antena e, entre outras funções pouco claras, ajudaria a corrigir a visão de pessoas com deficiência. Segundo o mais recente dos documentos citados neste artigo, a ideia provavelmente é uma das que estão mais longe de serem aplicadas em produtos reais.

Além de melhorar a visão de deficientes, as funções do dispisitivos ainda não são claras

6 – Carro voador

Os primeiros conceitos de carros voadores provavelmente são mais velhos do que a maioria de nós, mas uma patente registrada pela Toyota no ano passado descreve uma visão interessante para esse tipo de veículo. No documento, quatro asas aparecem “empilhadas” acima de um automóvel aparentemente comum, podendo ser afastadas ou aproximadas para aumentar a sustentação fornecida pelo ar. O sistema de propulsão, no entanto, não é explicado – o que indica que a ideia ainda está bem longe de se tornar algo real.

As quatro asas “empilhadas” dariam sustentação ao voo do carro

Bônus – Máquina do tempo e base de teletransporte

Embora os dispositivos citados acima não tenham datas para serem lançados no mercado, há também algumas ideias mais abstratas perdidas em meio às patentes tecnológicas registradas nos últimos anos. Entre elas estão conceitos mirabolantes e nada comprovados de máquinas do tempo e sistemas de teletransporte. Afinal, por que não, né?

Patente de máquina do tempo? Tem também 


Fonte(s) – Notícia(s) e Imagen(s): TECMUNDO / INQUISITR / BBC.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: